Follow me:

Godard

Eu sempre tive medo de cachorro. Sempre, desde pequena. Lembro de vários escândalos que eu fiz por causa de um cachorrinho de nada. Não importava o tamanho ou a raça, se o animalzinho estava perto ou longe: eu chorava, berrava, corria e até fugia por causa do cachorro. O medo irracional me acompanhou até a fase adulta da vida, mas aí conheci o Godard, o bichinho mais nouvelle vague do mundo! ♥

Godard é o cachorrinho da minha irmã, um Yorkshire fofo e carinhoso. Entrou recentemente para a família e já mostrou que é forte e valente, apesar do tamanho. Minha irmã adotou o Godard com 2 meses de idade e agora ele já tem 5. Assim que chegou em casa, notamos que ele não estava bem (não brincava, nem comia) e corremos para a clínica veterinária. Godard estava com a doença do carrapato. Começamos o tratamento imediatamente e por um mês inteiro, Godard tomou todos os remédios e as injeções sem chorar, sem deixar escapar uma lágrima sequer. Com uma semana de tratamento, nos deparamos com outro cachorrinho: feliz, saltitante, brincalhão e esfomeado!

O tratamento foi satisfatório e Godard se curou da doença do carrapato. Essa semana ele esteve aqui em casa e encheu o meu larzinho de alegria, apesar do cocô no tapete e do xixi na minha cama. Venci o medo de cachorros de pequeno porte, os grandões ainda são difíceis de encarar, mas já considero como um grande progresso. Agora, quando vou caminhar e vejo um poodle pela frente, eu não atravesso a rua! (sim, esse era o nível da coisa)

O próximo passo é tentar perder o medo de gatos. Quando vejo um gato já imagino ele me olhando, me odiando e me atacando. A minha cabeça é maluca, eu sei, mas esse pensamento também era aplicado aos cães, portanto: há esperança, minha gente! Não sou um caso perdido nesse mundo.

Mas vamos com calma, um passo de cada vez, um medo de cada vez.

Previous Post Next Post

2 Comments

  • Reply BA MORETTI

    e como lidar com a carinha de godard? ♥

    sou suspeita a falar qualquer coisa aqui sobre bichinhos. aqui em casa somos em 3 gatos (éramos em 4 mas enfim), 2 dogs (uma poodle e um bull terrier), alguns peixes e um passarinho.

    mas sabe, acho que te entendo nesse feeling do medo que a gente nem sabe da onde vem mas que é super real (por mais bizarro que pareça). adoro cavalos, acho lindo, acho maravilhoso. já tive os meus, já tive aqui em casa, já andei muuuito. em alguma ocasião que eu não tenho a menor ideia peguei medo de andar e me restou apenas admiração :~

    October 23, 2015 at 9:06 am
    • Reply Izzy

      eu queria ter menos medo de bichinhos, viu. ainda vou ter um(a) gatinho(a)! por falar nisso, e a sua gatinha? ela já voltou?

      cavalos são lindos mesmo. legal saber que você sabe andar e que já teve os seus! que coisa bacana! <3
      uma hora esse medo vai embora, da mesma forma que apareceu. : )

      October 25, 2015 at 10:16 am

    Leave a Reply