Follow me:

Eu Tenho Um Blog

Sim, eu tenho um blog. E pago alguns reais para ter esse cantinho aqui. É, eu tenho um blog, não tá do jeito que eu queria, tá uma bagunça, falta organizar as coisas, arrumar uma peça ali, outra aqui, mas ainda é o meu blog. Não tá aqui para servir de inspiração, não tem preferidos, favoritos, nem nada do tipo, mas ainda é um blog. Tá abandonado, tá largado, tá precisando de um-dia-de-princesa-com-o-netinho, tá precisando de fotos bonitas, textos bons, análises críticas, palavras de amor. Mas tá sem algo que valha, coitado. A ausência de posts reflete a ausência de ideias? Não. A ausência de posts reflete o quê, então? Falta de tempo? Sei lá, preguiça, falta de cuidado, foco, determinação, tá faltando inspiração para eu não servir de inspiração, pessoa contraditória, confusa, gosta de escrever e não escreve, não gosta de falar e anda falando muito. Tem um blog e não dá a mínima para ele, tá fazendo pouco caso, fica só ouvindo música e procurando programas de doutorado, fazendo disciplinas na engenharia nuclear, tentando ganhar créditos, tentando conseguir um(a) orientador(a), quer fazer um plano de trabalho o-r-i-g-i-n-a-l, e fica vendo Humans e escuta Jeff Buckley, e pensa na morte da bezerra, e lembra que tem um blog. E pensa que poderia escrever mais, poderia postar sobre aquelas coisas e tal, mas não dá a mínima. Cadê a sua reação, espaço etéreo? Quando você vai bater panela e vai solicitar mais atenção e capricho? Mas você nem faz isso, né? Pois você me compreende, você me reflete, você me abraça quando eu quero um abraço e não me cobra uma linha digitada sequer. Brigada, espaço etéreo. E desculpa. Desculpa, pois parece que não, mas eu sei que tenho um blog. Fim.Do.Texto. Mas, calma, cadê a música? E o /hug? Deixa esse mimo, por favor. Tá bom, tá bom, /hug e gorky’s zygotic mynci para começar a semana. Fim.Do.Post.

Previous Post Next Post

1 Comment

  • Reply Rhay

    “Não tá aqui para servir de inspiração, não tem preferidos, favoritos, nem nada do tipo, mas ainda é um blog.”

    você passou pelas trevas miga, ahaha, mas hoje está aqui inspirando todos nós (quase) sempre

    (e sim, tive uma tarde livre no trabalho e vim fuçar as catacumbas do seu blog)

    September 12, 2016 at 4:05 pm
  • Leave a Reply