Follow me:

Coisinhas

8 coisas sobre mim, que flutuam entre curiosidades e chatices.

♥  Não tenho carteira de motorista e nem quero aprender a dirigir. Não gosto de carro, não gosto da poluição que ele emite, não gosto do egoísmo que ele incentiva. Hoje em dia, não é difícil de encontrar uma família formada por 4 pessoas, e as 4 pessoas com a merda de um carro. Indo para os mesmos lugares, mas cada um com o seu brinquedinho. Também não gosto da ideia do carro-recompensa: passe no vestibular que eu vou te dar um carro. Enfim, não gosto de carro;

♥ Tenho várias fobias e uma delas é: encontrar pessoas. Se você me chamar para um café ou marcar um encontro, provavelmente eu não vou. Vou falar que não posso (e quase sempre isso é verdade). Mas eu não sei o que acontece. Encontrar pessoas, mesmo sendo pessoas queridas, para bater papo, atualizar as fofocas ou apenas ir lá para dar aquele abraço, é algo difícil para mim;

♥  Tomo, no mínimo, duas garrafas médias de café por dia. E se tiver mais, eu tomo esse “mais”;

♥  Sou muito tímida, apesar de não parecer (às vezes). Acho que isso impacta na fobia do segundo tópico! Eu tinha vergonha de levantar da minha cadeira, na sala de aula, para ir ao banheiro fazer xixi. Ficava esperando a hora do intervalo para fazer isso, mesmo que custasse uma dor imensa na bexiga;

♥  Acho que todo mundo me odeia. Acho que sempre faço tudo errado, inclusive os posts desse blog;

♥  Tenho dificuldade para manter amizades e para fazer novas amizades. Talvez o 4º tópico seja uma grande influência para esse tópico aqui;

♥  Escuto música o tempo todo. Se não tiver música, não limpo a casa. Se não tiver música, não faço bike. Se não tiver música, a vida não anda;

♥  Penso demais nos meus atos e nos atos das pessoas, e crio teorias mirabolantes sobre isso o tempo todo. Um exemplo: mando um e-mail para alguém. A pessoa não responde. Eu já começo a criar possibilidades para aquela ausência de resposta. Leio todos os e-mails que já mandei para aquela pessoa, tentando encontrar alguma palavra rude, algum erro, alguma coisa que justificasse a resposta não recebida. Se eu não encontrar alguma justificativa, a fantasia começa a rolar na minha cabeça e o negócio fica sinistro.

Previous Post Next Post

1 Comment

  • Reply Rhay

    esse último: tenho essa coisa. sempre que enrolam pra retornar a ligação, ou o e-mail, ou qual quer coisa… sinto que fiz algo errado.
    também tomo bastante café, então o///

    September 12, 2016 at 4:20 pm
  • Leave a Reply